Imprimir | atualizado em 27 de junho de 2013 às 02:43 | por Pedro de Freitas (Google+)

Manifestações no Brasil

Em Brasília  e no Rio de Janeiro foram tiradas fotos históricas do protesto, sendo Brasília com o símbolo da manifestação com cinco mil manifestantes ocupando o Congresso Nacional, incluindo o telhado, após furar o bloqueio policial. O Rio de Janeiro ocupou a Avenida Rio Branco e a Avenida Treze de Maio com manifestantes. As Manifestações continuam sendo combinados através das redes sociais com pretensões de greve geral, manifestação contra os veículos de mídia famosos que são acusados de manipulação de informações.

Manifestações no Brasil Manifestações no Brasil

Acorda Brasil

A frase vem sendo disseminada nas redes sociais como forma de incentivo as pessoas que não estão participando das manifestações, as informações sobre concentração, pacifismo e repressão de apoio a bandeiras partidárias são trocados em perfis de manifestantes. Apesar da Presidenta Dilma Roussef ainda não ter se pronunciado oficialmente sobre as manifestações, sua assessora afirma que a Presidenta considera as manifestação legítimas e próprias de uma democracia.

Projeto de Lei

O Senador Crivella juntamente com Ana Amélia e Walter Pinheiro, aproveitam a situação atual do país para trazer a tona um projeto que prevê como terrorismo qualquer tipo de manifestação que seja realizada durante a Copa das Confederações e Copa do Mundo, definindo como crimes de infração, além de disciplinar o direito de greve durante a realização dos eventos. As penas são de quinze a trinta anos de prisão, contrariando o artigo  5° da Constituição que garante o direito a livre manifestação nas ruas e praças públicas. O projeto PL 728/2011 define como terrorismo qualquer cidadão que provoque terror ou pânico generalizado por motivo ideológico, religioso, político ou preconceito racial, étnico ou xenófobo.

Ao ser divulgado nas redes sociais, o assunto se tornou polêmica com reação rápida da criação de uma petição pública que exige a modificação ou cancelamento da PL. Os comentários na rede sobre o projeto, são de que a medida somente visa beneficiar os políticos calando o povo que não poderá mais exercer sua democracia lutando por direitos, sendo pelo menos sessenta por cento da população que participou da enquete, contra o projeto de lei, que pode sofrer uma Ação Direta da Inconstitucionalidade.

Gostou? Então compartilhe:

Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...