Imprimir | girovirtual.com - Tudo em um só lugar.

Rais 2015

Caso você não saiba por onde começar no site da Rais 2015, você poderá encontrar no endereço os aplicativos disponíveis para encaminhar a declaração da RAIS de ano base 2014 e de anos anteriores. Através do site você tem um layout completo de todas as declarações.

Esta declaração deverá ser realizada exclusivamente através da internet, tudo pode ser feito mediante uma utilização do programa que é gerador de arquivos existentes da Rais, este que é obtido em endereços eletrônicos como por exemplo os portais http://portal.mte.gov.br/rais e http://www.rais.gov.br.

 Rais 2015

Rais 2015?

Os governos fazem as coletas de dados sempre através da chamada Rais 2015: Relação anual de informações sociais, a RAIS. Tudo isto serve para realizar um levantamento de todas as necessidades de controle e também atividades de cunho trabalhista de todo o pais, bem como o provimento existente de dados para elaborar estatísticas de trabalho, e dispor informações do mercado de trabalho para todas as entidades consideradas governamentais.

Os dados que são coletados através da RAIS servem basicamente para o planejamento existente e também o atendimento de todas as necessidades seguintes.

Desde a legislação e a nacionalização do trabalho, bem como os controles de registros existentes do FGTS.

Dos sistemas determinados de arrecadação e de concessão existente dos benefícios previdenciários, além de todos os estudos técnicos de natureza estatística e também atuarial.

Bem como a identificação dos trabalhadores que tem direito ao abono salarial o Pis e Pasep.

Relação anual de informações sociais. Rais 2015

Declaração de RAIS 2015?

Deverão ser obrigados a entregar Rais 2015 conforme o governo, os profissionais de seguintes situações:

Os inscritos por CNPJ com ou sem empregados, além dos estabelecimentos que não tiverem os empregados ou ainda mantiveram as suas atividades pararalisadas durante os anos base o que está praticamente obrigado a entregar a chamada Rais negativa.

Todos os empregados deverão ser definidos de acordo com especificações da CLT.

Ou ainda todas as pessoas jurídicas que forem vinculadas para o direito privado, inclusive as possíveis empresas públicas que são domiciliadas no país, com registros ou não em juntas comerciais, através do Ministério da Fazenda em secretarias de finanças ou ainda fazenda, bem como os governos estaduais e cartórios de registros de pessoa jurídica.

As empresas individuais que tiverem ou não tiverem empregados além de cartórios extrajudiciais e consórcios de empresas determinadas.

Empregadores urbanos pessoas físicas, sendo assim autônomos e profissionais liberais que puderem manter empregados no ano base.

Órgãos de administração de forma direta e indireta dos governos federais, estaduais ou nude celebs mesmo municipais, até mesmo fundações que são supervisionadas e entidades que são criadas por lei com as suas atribuições determinadas de fiscalização de exercícios de profissões liberais.

Os condomínios e as sociedades civis, bem como empregados rurais e pessoas físicas que puderem manter empregados através do ano base.

As filiais, sucursais, representações e qualquer outro tipo de entidade que é totalmente vinculada a pessoas jurídicas que estiverem domiciliadas no exterior devem fazer parte deste tipo de processo.

Desta forma é possível existir um recolhimento correto de tributos, com processos que poderão fazer toda a diferença para seus negócios.

Gostou? Então compartilhe:

Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...

- bids5 - fan5