Imprimir | atualizado em 17 de março de 2014 às 10:00 | por Pedro de Freitas (Google+)

Tabela IRRF 2014

O IRRF – Imposto de Renda Retido na Fonte já tem a sua tabela para 2014. O Imposto de renda retido na fonte (IRRF) é um modo diferente de cobrança do Imposto de Renda comum. Ele passou a ser efetivo em tributos onde não era necessária a identificação do contribuinte. Hoje em dia o IRRF possui três aplicações diferentes. E para você que está preocupado com a declaração, vale a pena se informar sobre este outro modo de contribuir para o Imposto de Renda. Conheça mais sobre esta modalidade de Imposto de Renda e suas aplicações, e confira a tabela do IRRF 2014.

irrf7 300x199 Tabela IRRF 2014

Quem Paga IRRF 2014

Conforme a Receita Federal, estão sujeitos ao IRRF os rendimentos do trabalho assalariado, pagos por pessoas físicas ou jurídicas, os rendimentos do trabalho não assalariado, pagos por pessoa jurídica, os rendimentos de aluguéis e royalties pagos por pessoa jurídica e os rendimentos pagos por serviços entre pessoas jurídicas, tais como os de natureza profissional, serviços de corretagem, propaganda e publicidade. Assim, a própria fonte pagadora (empregador ou locatário, por exemplo) tem o encargo de apurar a incidência, calcular e recolher o imposto em vez do beneficiário.

Aplicações do IRRF

Conforme dito, atualmente o IRRF possui três aplicações:

  • Que dá o direito ao contribuinte de ‘antecipar’ o pagamento do Imposto de Renda. Desta forma, basta recolher o imposto ao longo do ano e declará-lo no final do ano, juntamente com o que falta para pagar. Lembre-se que se o indivíduo for pessoa física, terá direito a uma restituição. Se for pessoa jurídica, o IRRF dá direito a um crédito tributário para a empresa.
  • Que dá direito a cobrança exclusiva na fonte. Desta forma, o contribuinte não terá direito a uma restituição, mas o valor do imposto será menor, pois não estarão somados os valores salariais do mês.
  • Que dá o direito à redução do imposto em função de uma determinada operação.

Restituição do IRRF 2014

Assim como acontece todos os anos, o governo deve liberar uma quantia a ser restituída, e algumas das pessoas que pagam o IRRF são beneficiadas pela receber a restituição. Para consultar se você se enquadra nesta classificação, basta entrar no site da Receita Federal.

Sobre o Reajuste na Tabela

Este é o 18º ano seguido que a tabela do Imposto de Renda (IR) será corrigida abaixo da inflação em 2014. A defasagem, que deverá fechar esse ano próxima de 66%, para tristeza do brasileiro, que aos poucos vai perdendo os seus novos rendimentos. Além disso, o reajuste se soma ao aumento do salário mínimo, também superior à correção da tabela. No próximo ano, o mínimo será elevado para R$ 724,00, uma alta de 6,78% sobre os R$ 678,00 de hoje.

irrf4 Tabela IRRF 2014

Ou seja, o prejudicado é o trabalhador brasileiro, que deverá ver um aumento da tributação sobre seu salário. Se em 1996 a isenção do imposto beneficiava quem recebia até 6,55 salários mínimos, em 2014, essa relação despencará para 2,47. Ou seja, cada vez mais os brasileiros que antes eram isentos por causa da baixa renda estão ingressando na condição de contribuintes.

A OAB e diversos sindicatos brasileiros já lançaram uma campanha de assinaturas, além de intervenção jurídica, para que o governo reveja a discrepância em relação à inflação em um período de dez anos, a partir de 2015.

Tabela Oficial

Confira a tabela do Imposto de Renda para 2014:

 irrf2014 Tabela IRRF 2014

Veja Também: Restituição Imposto de Renda 2014

Gostou? Então compartilhe:

Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...